PÁGINA INICIAL
EMPRESAS
ENTIDADES
FEIRAS NO BRASIL
FEIRAS NO MUNDO
EXPOSIÇOES E EVENTOS
ARTIGOS
COMÉRCIO EXTERIOR
ENTREVISTAS
MANUAL DE GEMAS
CURSOS
CURIOSIDADES
JOALHERIA DE ARTE
MODA E TENDÊNCIAS
DICAS PRECIOSAS
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
CLASSIFICADOS
PROMOÇÕES
COTAÇÃO DO DÓLAR
ANÚNCIOS
SOBRE O JOIABR
FALE CONOSCO
::::::::::::::::::::::::::::

© Joiabr - 2000
info@joiabr.com.br

PRATA

Patrícia Peixe *




Possuidora de brilho magnífico, a prata é muito usada em adornos para o corpo e utensílios para a casa. Sua cor encanta, traduzindo requinte e beleza!

A prata é considerada um metal nobre, assim como o ouro! Mas seu custo, bem mais baixo, permite uma maior amplitude em seu uso, inclusive em objetos domésticos como talheres, castiçais, vasos, bandejas, etc.

A prata pode oxidar em contato com a umidade, tornando-se primeiramente amarelada para depois formar uma camada preta.  A prata também oxida em contato com o enxofre e o cloro (água sanitária contém cloro e polvilhos anti-sépticos, cola branca, fumaça de escapamento de veículos e a água oxigenada cremosa contêm enxofre).
Ovo, cebola e maionese também podem oxidar a prata! Esta oxidação pode ser eliminada com um novo polimento ou limpeza com produtos apropriados para este fim. Para adiar seu escurecimento basta guardar em local seco e protegido do contato com o ar, como um saquinho plástico, por exemplo.

Hoje existem no mercado ligas prontas que retardam este processo de oxidação. Vamos conversar um pouco sobre ligas:

A prata é um metal extremamente mole, o que dificulta seu uso no estado puro para a confecção de jóias! O uso de ligas é importantíssimo para a comercialização de peças artesanais ou industriais.

A liga mais usada é o cobre, que torna a prata mais resistente e mantém sua cor original, mas infelizmente acelera um pouco o processo da oxidação. O cobre é também o responsável pelo aparecimento das indesejáveis manchas negras, também apelidadas de fantasmas. Estas manchas aparecem na superfície toda vez que o metal é exposto ao calor forte do fogo e somente o uso de muita lixa grossa pode removê-las. A remoção destas manchas permite um polimento com muito mais brilho e durabilidade.

As peças artesanais devem rigorosamente passar por este processo, pois como são limadas, as manchas são removidas e destoam do resto da peça que ainda possuem o óxido, gerando assim as manchas escuras.

Numa peça de fundição, estas manchas não costumam ser evidentes, pois o processo industrial de polimento não chega a remover estas manchas. Então a peça fica totalmente coberta pela mancha negra, o que torna o polimento mais opaco e pouco durador! Também existem no mercado ligas prontas que diminuem o aparecimento destas manchas negras! Estas ligas prontas são encontradas em casas especializadas em recuperação de metais ou fornituras.

O teor da prata está relacionado ao seu grau de pureza. A liga mais usada em peças artesanais é a prata 950, que significa que a liga contém 95% de prata e 5% de cobre ou liga pronta. Outra liga muito usada no Brasil é a prata 925, ou prata sterling, onde 92,5% da liga é composta de prata e 7,5% é cobre ou liga pronta. A prata 800 (80% de prata e 20% de liga) é usada para fechos ou partes da peça que precisem conter tensão.

Dicas para driblar a oxidação:
-utilize a liga de prata paladium. Esta é uma liga que não escurece, mas torna o metal bem mais caro devido ao custo elevado do paladium.
-você pode banhar a peça com rodium, mas a tonalidade do prateado é diferente, pois ficará com cor de ouro branco. Você também pode banhar a peça em prata pura, que retarda um pouco processo da oxidação e dá um brilho diferenciado!
-utilize a liga pronta em substituição ao cobre.
-se usar o cobre na liga não esqueça de lixar muito a peça até que remova totalmente os fantasmas (manchas negras) antes do polimento.
-aconselhe seus clientes a guardarem a peça em um saquinho plástico e longe de umidade e poluição.

**Fale com Pat Peixe:
Este é um espaço criado para o leitor, para esclarecimento de dúvidas sobre a matéria ou sugestões.
Basta enviar um e-mail para patricia@atelieespacomix.com.br


*Patrícia Peixe - é autora de jóias, reconhecida por sua sensibilidade artística e habilidade manual. Atua no ramo há nove anos. É diretora, coordenadora de cursos e professora do Espaço Mix Escola de Joalheria e Design.
Contato:
www.atelieespacomix.com.br - patricia@atelieespacomix.com.br

>>>>>> INDEX