Telefone

+55 (11)3036-7890

E-mail

joia@joaibr.com.br

Horário de funcionamento

Mon - Fri: 7AM - 7PM

Exibindo: 1 - 10 de 13 RESULTADOS
Carreira

Como dar entrada no seguro desemprego?

O seguro desemprego é um benefício oferecido para o trabalhador contribuinte da previdência Social, isto é, que presta serviços a alguma empresa por intermédio da carteira assinada. Quando o funcionário é desligado desta empresa, sem apresentação de justa causa, o benefício fica disponível para ele. Mas como o ex-funcionário pode solicitá-lo?

É comum ter dúvidas quanto a este direito do trabalhador brasileiro, então se você quer entender do que se trata e descobrir como dar entrada no seguro desemprego, leia o texto a seguir e fique ciente de tudo:

O que é o seguro desemprego?

O Seguro Desemprego é um auxilio financeiro oferecido para o trabalhador que foi dispensando de suas funções sem justa causa. Recentemente, este benefício sofreu algumas mudanças e todos os trabalhadores estão inclusos nelas.

De acordo com as novas regras do Seguro Desemprego 2022, o beneficiado terá direito de 3 a 5 parcelas do auxílio, dependendo diretamente do seu tempo de prestação de serviços.

As parcelas Seguro Desemprego 2022 funcionam da seguinte forma: o funcionário que tiver prestado, no mínimo, 8 meses de contribuição terá acesso a três parcelas; o funcionário que trabalhou por 12 meses, receberá 4 parcelas; o funcionário que trabalho por, pelo menos, 24 meses, irá receber 5 parcelas do auxílio.

Quem tem direito a solicitá-lo?

Como mencionamos, o trabalhador só terá direito ao benefício se for dispensado de suas funções sem apresentação de justa causa. Para saber mais sobre o assunto, vale a pena visitar o site da Previdência Social e garantir que você não seja dispensado por sua conduta na empresa.

Quando comprova sua demissão e se caracteriza como desempregado, você pode solicitar o benefício do seguro desemprego. Não sabe como fazer isso? Entenda a seguir:

Como dar entrada no seguro desemprego?

A primeira coisa para qual você deve estar atento é o prazo de solicitação do benefício. Para os trabalhadores formais, é possível dar entrada no seguro em um período de 7 a 120 dias, enquanto para o trabalhador doméstico, este período é de 7 a 90 dias.

Antes de dar entrada no seguro-desemprego, é preciso realizar o agendamento online para marcar uma data, hora e local para atendimento. Depois você deverá comparecer de acordo com o agendamento que preencheu, portando todos os documentos. São eles:

  • RG;
  • Carteira de trabalho;
  • Certidão de nascimento ou casamento;
  • Comprovante do PIS/PASEP, ou cartão cidadão;
  • Requerimento do seguro desemprego SD/CD nas duas vias;
  • Três últimos contracheques anteriores à dispensa;
  • Termo de rescisão de contrato de trabalho;
  • Documento do FGTS.

Após a solicitação, aguarde um período de 30 dias para recebimento do benefício!

Carreira

Ofertas do Educa Mais Brasil para o próximo ano

Se você possui uma bolsa de estudo Educa Mais Brasil ou deseja conquistar a sua saiba que em algum momento precisará do boleto Educa Mais Brasil 2021. Esse boleto pode ser emitido online, e para que você saiba como acompanhe a seguir mais detalhes do boleto Educa Mais Brasil 2021.

Muitos brasileiros já foram beneficiados com o programa Educa mais Brasil, e a seguir veremos um pouco do que você precisa saber do boleto Educa Mais Brasil 2021.

EDUCA MAIS BRASIL 2021

O Educa Mais Brasil 2021 está entre os programas que mais crescem no Brasil, oferecendo bolsas de estudo de até 75% do valor das suas mensalidades.

O programa tem crescido e conquistado novos estudantes, e hoje veremos como você pode emitir o seu boleto Educa Mais Brasil 2021.

BOLETO EDUCA MAIS BRASIL 2021

Você como estudante poderá emitir o seu boleto Educa Mais Brasil 2021 independente do curso ou categoria de ensino, atualmente as opções dentro do programa são:

  • Ensino Básico;
  • Cursos Técnicos;
  • Cursos de Idiomas;
  • Cursos Profissionalizantes;
  • Cursos da Educação de Jovens e Adultos;
  • Curso Pré-Vestibular;
  • Curso Preparatório para Concursos;
  • Cursos Superiores;
  • Pós-Graduação.

Se você quer entrar no ensino superior, confira as faculdades parceiras Educa Mais Brasil 2021.

O seu boleto Educa Mais Brasil 2021 está disponível no seu Portal do Aluno, e a seguir veremos como é simples consultá-lo, veja:

  • Acesse o site do Educa Mais Brasil Educa Mais Brasil 2021
  • Insira o seu CPF.

Inserindo corretamente o seu CPF você terá acesso ao  boleto Educa mais Brasil 2021 e outras informações como:

  • Emissão de 2° via de Boleto;
  • Consulta aos valores e pagamentos;
  • Consultar as datas de vencimento;
  • Impressão de boleto;
  • Consulta as dúvidas.

QUEM PODE SE INSCREVER NO EDUCA MAIS 2021

Se inscrever para uma bolsa do Educa Mais Brasil 2021 é simples, porém alguns requisitos precisam ser atendidos, veja quais são alguns pontos do regulamento Educa Mais Brasil 2021:

  • O candidato a bolsa não pode possuir condições financeiras para custear com as suas mensalidades em valor integral;
  • É vetado que o candidato tenha se matriculado na instituição escolhida;
  • O candidato deve estar a no mínimo 6 meses sem qualquer vínculo educacional após a conclusão do seu ensino médio;
  • O necessário que o candidato apresente desempenho satisfatório no ENEM (Exame Nacional do Ensino Médio);
  • O candidato deve ser aprovado no processo seletivo da instituição escolhida, seja prova, vestibular ou mesmo entrevista.

INSCRIÇÃO BOLSA EDUCA MAIS BRASIL 2021

O seu boleto estará disponível apenas após a conclusão de sua inscrição Educa mais Brasil 2021, confira então como se inscrever:

  • Acesse o site do Educa mais Brasil Educa Mais Brasil 2021
  • Pesquise pelo curso desejado;
  • Ao encontrar clique em “Quero esta Bolsa”;
  • Preencha o formulário e clique em “Enviar”.

Agora basta aguardar a avaliação do Educa mais Brasil e o contato telefônico que será realizado para confirmar sua matricula e a liberação do seu Educa mais Brasil 2021.

Para mais informações você pode acessar os telefones de contato do programa, confira:

  • 4007 2020
  • 0800 724 7202
Carreira

Serviços e consultas do Detran MG podem ser feitos pelo celular

Como a tecnologia está ficando cada vez mais avançada, é comum que ela acabe por se tornar de comum utilização. Co isso, o DETRAN MG agora está adotando uma postura mais tecnológica referente aos seus serviços prestados como as consultas de veículos e CNH. A partir de agora será possível acessar o site do DETRAN Minas Gerais e ter acesso a diversos serviços online.

Serviços e consultas do Detran MG podem ser feitos pelo celular

Sendo o DETRAN o principal órgão relacionado ao trânsito em todos os estados brasileiros, é de fundamental importância que o condutor e dono de veículos, tenham sempre seus dados atualizados com o órgão.

Porém, sempre que um cidadão tentar fazer algum tipo de consulta no DETRAN MG, é preciso ir até a sede do órgão para poder solicitar seu serviço.

Devido a isso, sempre existiu grande reclamações sobre o tempo de serviço do DETRAN. Afim de resolver todos os problemas de atendimento de serviços e consultas, o DETRAN Minas Grais decidiu criar o MG App.

Por meio desse aplicativo, qualquer pessoa poderá por meio de seu celular poderá fazer consultas e solicitar serviços do DETRAN MG totalmente de graça, consultas referentes ao IPVA, Licenciamento 2021, DPVAT e muito mais.

Aplicativo para Smartphones MG App

Em parceria com a Prefeitura do estado de Minas Gerais, o MG App foi criado com o intuito de deixar mais prático todo tipo de consulta ou solicitação de serviço para o DETRAN MG.

Desse modo, todas as filas de espera na sede do órgão seriam drasticamente reduzidas. Além de que, daria maior poder ao contribuinte de conseguir o que deseja de maneira mais fácil.

Ou seja, agora não é mais nem sequer preciso sair de casa para poder fazer uma consulta no DETRAN. Tudo poderá ser realizado diretamente do celular.

Assim, o contribuinte poderá por exemplo ter acesso a segunda via de sua guia Licenciamento 2021 MG sem ter de sair casa, tudo pelo celular.

Veja abaixo todos os serviços e consultas disponíveis no MG App:

  • Acompanhar a entrega da CNH;
  • Consultar a situação do veículo;
  • a pontuação do condutor;
  • Consultar valor do IPVA;
  • Consultar motivo de não licenciamento;
  • Consultar resultado: Recursos da Jari,
  • Consultar resultado: Defesas de autuação;
  • Consultar resultado: Processo administrativo de trânsito;
  • Efetuar o pagamento do seguro DPVAT, e
  • Emitir extrato de Multa;
  • Solicitar a 2ª via da CNH;
  • Registrar Boletim de Ocorrência (em caso de acidente de trânsito sem vítima).

Para poder ter em mãos todos esses serviços, basta baixar o aplicativo em seu celular através d loja de apps de seu smartphone, seja ele Android ou iOS.

Carreira

Falta de pagamento de impostos leva condutores a risco de multa

O DETRAN MG é onde você resolve todos os problemas relacionados ao trânsito, mas nos últimos meses muitas pessoas têm deixado de ir até o órgão e passado a acessar o site para terem acesso as informações que precisam. Mas isso é bem melhor, e realmente o site foi criado com esse intuito, o que facilita muito mais, porque como esse órgão é cheio de pessoas a gente acaba perdendo muito tempo para aguardar o atendimento. Então para alguns serviços esse atendimento você consegue fazer você mesmo e sem sair de casa.

Serviços Online DETRAN MG

Para quem ainda não conhece o site DETRAN MG nós listamos alguns dos serviços mais procurados no mesmo, para que você possa ter uma ideia do que consegue consultar sem ter que sair de casa para isso, veja quais são eles:

  • Informações da 1° Habilitação
  • Consulta a Situação do Veículo
  • Multas
  • Consulta Pontuação
  • Laudo de segurança veicular
  • Licenciamento MG
  • IPVA

Site DETRAN MG

Esses são os serviços online no site DETRAN MG, mas é claro que tem outros, mas os citados acima tem sido os mais procurados também. Hoje em dia praticamente todos os Detrans possuem um site onde disponibilizam serviços para que os motoristas possam acessar, isso ajuda no atendimento, e diminui o excesso de pessoas nas unidades de atendimento. Por isso que é vantagem para os dois. Caso você ainda não tenha acessado esse site confira mais: www.detran.mg.gov.br

O IPVA DETRAN MG é um dos mais procurados todos os anos, porque as pessoas sabem a importância de manter esse imposto em dia porque sem ele não tem como circular normalmente com o veículo. E como tem data para pagamento é importante saber qual a data destinada para cada final de placa do veículo, porque é assim que esses órgãos dividem o pagamento, que varia todos os anos. Mas a tabela de pagamento IPVA DETRAN MG está disponível no site também, para todos terem acesso a mesma. E também no DETRAN PR, esses serviços são encontrados!

Consultas Site DETRAN MG

Outro ponto importante a se destacar é sobre o licenciamento do DETRAN MG porque é um serviço muito procurado, e as pessoas estão sendo indo à unidade para isso, mas agora no site você tem mais serviços e informações sobre esse licenciamento. Por isso não deixe de consultar, o link do site está logo acima. Caso você queira saber também das multas do DETRAN MG é no site que você consulta, normalmente para consultar se tem alguma multa para você, você tem que informar alguns dados como número de documentos, e tudo mais, se não tem como fazer a pesquisa para você saber o que consta ou não para você pagar.

Carreira

Oficina online de Cravação em garras – Aula 9

Cravar em garras parece fácil, mas na verdade é um trabalho ingrato, pois mostra muito claramente os defeitos de cravação.

A primeira coisa a se fazer é nivelar as garras, então veja se todas estão na mesma altura. Caso alguma delas esteja menor ou maior, você deverá limá-la até que fique tudo por igual. (veja a ilustração ao lado, onde a pedra é cravada por 4 garras)

Com uma fresa você deverá desbastar cada garra na mesma altura conforme o desenho abaixo:

Se você deixar uma garra maior ou menor, a pedra ficará torta e bem visível. Então tome cuidado para que todas as garras estejam na mesma altura! O acabamento nas garras poderá ser redondo ou quadrado, feito por uma lima esquina.

Este procedimento é válido para qualquer tamanho ou formato de pedras.

*Sergio Trad Alves – é ourives há mais de 30 anos, trabalhando e ensinando nas áreas de ourivesaria, cravação e fundição de cera perdida. Já ministrou cursos em Londrina, Florianópolis, Camboriu, Paranavaí, cidades de Minas Gerais e do interior de São Paulo.

Carreira

Oficina online de Cravação em garras – Aula 8

Material necessário: tesoura, 2 chapas de latão 1mm, compasso, buril

1ª Etapa: FAZENDO LOSANGOS:

Corte uma chapa de latão com 30X30mm
Divida a chapa como no desenho, usando o compasso

Com o buril corte a chapa como se fosse fazer um triangulo partindo da primeira linha mas sem fazer o corte da base. Preencha toda a chapa. Perceba que novos losangos irão aparecer.
Incline o buril e terá uma visão tridimensional.


2ª Etapa: TRABALHANDO COM TRIÂNGULOS:

  • Corte uma chapa de latão com 30X30mm
  • Divida a chapa como no desenho, usando o compasso
  • Com o buril comece a cortar em forma de triângulo.
  • Repita este processo até preencher toda a chapa.

Incline o buril como na etapa anterior e terá uma visão 3D.

*Sergio Trad Alves – é ourives há mais de 30 anos, trabalhando e ensinando nas áreas de ourivesaria, cravação e fundição de cera perdida. Já ministrou cursos em Londrina, Florianópolis, Camboriu, Paranavaí, cidades de Minas Gerais e do interior de São Paulo.

Carreira

Oficina online de Cravação em garras – Aula 7

Para se tornar um bom cravador é preciso que você tenha um bom manejo com o buril. A partir desta aula nos vamos treinar vários tipos de desenhos.
A cravação não consiste em somente cravar a pedra na jóia, mas também dar vida a ela. O buril é a ferramenta que vai dar vida à jóia.

Vamos começar com o buril anglete e, ao longo do curso, passaremos para outros tipos.

Material:

  • Buril anglete numero 4
  • Goma laka
  • Chapa de latão 15mm x 20mm
  • Compasso

Corte a chapa na medida acima, divida com o compasso na vertical em três e na horizontal em quatro

  • Corte com o buril, aprofundando o máximo que puder.
  • Repare no desenho – corte com a ponta do buril e mantenha-o reto.
  • Agora incline o buril para que este corte a lateral dos quadrados, formando um cone como no desenho.
  • Não esqueça de afiar bem o buril e passar a lateral na lixa 600 para mantê-lo lustrado.(veja aulas anteriores)
  • Repita este processo até que os quadrados fiquem uniformes e brilhando como um espelho.

*Sergio Trad Alves – é ourives há mais de 30 anos, trabalhando e ensinando nas áreas de ourivesaria, cravação e fundição de cera perdida. Já ministrou cursos em Londrina, Florianópolis, Camboriu, Paranavaí, cidades de Minas Gerais e do interior de São Paulo.

Carreira

Oficina online de Cravação em garras – Aula 6

Como já foi dito, o cravador é o profissional que crava a pedra na jóia. Por sua vez, o ourives faz a jóia, para que o cravador possa cravar. Estas operações seriam mais simples se estes dois profissionais trabalhassem em conjunto, mas infelizmente isto pode não acontecer. Mesmo trabalhando no mesmo atelier, os dois podem divergir.

Para se cravar, chapa, caixa, garra e laterais devem obedecer a uma medida correspondente à pedra. Vejamos o caso de uma cravação inglesa, onde a pedra será cravada em uma caixa.

Teremos que fazer um trilho interno, por isso a parede da caixa deve ter uma espessura correspondente a esse trilho. A pedra não deverá entrar na caixa quando esta estiver terminada pelo ourives, ou seja, o diâmetro da pedra deve ser maior que a caixa.

Temos ainda que considerar a altura da pedra.

Vamos então estudar a pedra. Mesa, rondízio, pião e altura são as medidas de uma pedra que deverão ser consideradas para se confeccionar a jóia que será cravada.

  • Mesa é uma superfície plana (parte superior da pedra) que ajuda a corretamente se posicionar a pedra.
  • Facetas, como o nome já diz, são cortes simétricos que vão fazer com que a pedra brilhe ao receber a luz.
  • Rondízio é a divisão entre a mesa e o pião.
  • Pião é a parte inferior facetada que circunda a pedra.
  • Altura é a medida total da pedra, desde a mesa até o término do pião.

Considerando a altura da pedra, o ourives terá que fazer uma caixa com no mínimo 1mm a mais, para que possa se encaixar perfeitamente.

A pedra é cravada pelo rondízio, independente do tipo de cravação. Assim, a faceta e a mesa terão de sobressair ao metal, ou seja, deverão estar expostas após o término da cravação.

O pião não pode encostar-se às laterais, deverá ficar simetricamente no centro da caixa, pois o brilho da pedra dependerá da luz recebida e a simetria da pedra na cravação fará com que a incidência de luz seja homogênea, entrando na pedra e refletindo nas facetas, provocando maior brilho.

Um outro erro muito comum quando o ourives confecciona a peça é deixar o metal onde se vai cravar muito baixo ou fino. Quando isto acontece, o pião irá sobressair-se ao metal na parte interior da jóia, encostando na pele da pessoa e trazendo alguns aborrecimentos, além de que a pedra poderá cair, por ser “empurrada” pelo contato com a pele.

Este tipo de problema estará no dia-a-dia do cravador e do ourives, mas são dois profissionais que dependem um do outro, assim como também do designer, do polidor e do lapidário. A união de todos eles contribui para que o processo produtivo seja um sucesso, trazendo, como conseqüência, o crescimento do ramo joalheiro.


*Sergio Trad Alves – é ourives há mais de 30 anos, trabalhando e ensinando nas áreas de ourivesaria, cravação e fundição de cera perdida. Já ministrou cursos em Londrina, Florianópolis, Camboriu, Paranavaí, cidades de Minas Gerais e do interior de São Paulo.

Carreira

Oficina online de Cravação em garras – Aula 5

  • Siga os três primeiros passos da lição anterior e teremos uma chapa assim:
  • Agora preste a tenção aos riscos pretos do próximo desenho.
  • Repare que os riscos laterais passam bem rente ao furo.
  • Corte com o buril aprofundando o máximo que puder.
  • A cor azul é onde você cortou com o buril – que ficará em baixo relevo;
  • a cor amarela ficará em alto relevo, que são os granitos que cravarão as pedras.
  • Divida cada granito ao meio, assim cada pedra terá quatros granitos
    Ao final você terá este desenho

>>> AULA ANTERIOR


*Sergio Trad Alves – é ourives há mais de 30 anos, trabalhando e ensinando nas áreas de ourivesaria, cravação e fundição de cera perdida. Já ministrou cursos em Londrina, Florianópolis, Camboriu, Paranavaí, cidades de Minas Gerais e do interior de São Paulo.

Carreira

Oficina online de Cravação em garras – Aula 4

Nesta aula vamos colocar em prática o que aprendemos.

Ferramentas e materiais que iremos usar:

  • Chapa de latão com 5mm de largura por 25mm de comprimento
  • Motor chicote
  • Fresa com 2mm
  • Broca de 1,5mm
  • Compasso
  • Buril

Corte a chapa na medida acima, ache o centro com o compasso no comprimento e faça um risco

Como vamos usar uma fresa de 2mm, vamos abrir o compasso com 2.2mm (se não achar esta medida, abra com 2mm e depois abra mais um pouco). Coloque a ponta do compasso no risco do centro e a outra ponta no mesmo risco para marcar os furos, assim terá a mesma distância.

Agora coloque a broca no motor de chicote e fure exatamente onde você marcou com o compasso

Agora vamos escariar (ou fazer a “cama” da pedra). Coloque a fresa no motor. Repare que a fresa tem um risco quase ao meio;é até ai que você vai entrar (não aprofunde mais que isso, senão a pedra ao ser colocada vai ficar muito funda) A fresa numero 8 corresponde a 2mm

Já com o furo feito e escariado, pegue o buril e faça um corte na lateral dos furos – bem rente a eles. (Repare que o corte passa por dentro do furo, ou seja, na lateral interna do furo)

Agora com os cortes laterais prontos, você vai colocar a ponta do buril entre as pedras e fazer um corte terminando na lateral interna do furo, repetindo até o final das pedras, conforme o desenho:

Quando você terminar, deverá ficar assim.

As partes vermelha e cinza vão ficar em alto relevo; os riscos pretos são os cortes que ficarão em baixo relevo.
Repare nos triângulos cinza, estes são os granitos, usados para cravar as pedras.

Viram como aprender a cortar é essencial para se tornar um bom cravador? Este é apenas um tipo de desenho para cravação, ainda vamos aprender muitos outros. Então, treine bastante!


*Sergio Trad Alves – é ourives há mais de 30 anos, trabalhando e ensinando nas áreas de ourivesaria, cravação e fundição de cera perdida. Já ministrou cursos em Londrina, Florianópolis, Camboriu, Paranavaí, cidades de Minas Gerais e do interior de São Paulo.