PÁGINA INICIAL
EMPRESAS
ENTIDADES
FEIRAS NO BRASIL
FEIRAS NO MUNDO
EXPOSIÇOES E EVENTOS
ARTIGOS
COMÉRCIO EXTERIOR
ENTREVISTAS
MANUAL DE GEMAS
CURSOS
CURIOSIDADES
JOALHERIA DE ARTE
MODA E TENDÊNCIAS
DICAS PRECIOSAS
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
CLASSIFICADOS
PROMOÇÕES
COTAÇÃO DO DÓLAR
ANÚNCIOS
SOBRE O JOIABR
FALE CONOSCO
::::::::::::::::::::::::::::

© Joiabr - 2000
info@joiabr.com.br


ART CLAY + CERÂMICA PLÁSTICA
PASSO-A-PASSO


Priscilla Vassão*




Muitos dos novos artistas que ingressam no ramo da joalheria artística têm em comum o fato de ter começado trabalhando com a cerâmica plástica – também conhecida por polymer clay ou Fimo. Tenho recebido inúmeros pedidos de informações sobre como trabalhar a Art Clay e a cerâmica plástica em projetos conjuntos.
O projeto desse mês ilustra uma técnica simples e de resultados muito interessantes para a cerâmica plástica – o mini-mokume, também conhecido como falso batik, e uma maneira muito fácil de criar molduras de prata com a Art Clay para exibir toda a cor da cerâmica plástica.


Um passo-a-passo da técnica do mini-mokume pode ser encontrado em:http://www.sculpey.com/Projects/projects_MokumeganeTech.htm
Em caso de dúvida ou mais explicações sobre esse e outros projetos em Art Clay, entre em contato através do e-mail artclay@artclay.com.br.

Contas de cerâmica plástica com Art Clay

Materiais utilizados:
- massa Art Clay Silver 650, aprox. 3g por conta
- pasta Art Clay Silver 650, pouca quantidade
- placa de cerâmica plástica, qualquer cor/técnica


Abra a massa de cortiça a uma espessura de cerca de 0,5 cm e recorte as formas para as contas. Você pode utilizar um estilete, lâmina de corte ou até cortadores de massa de biscoito, como na foto. Deixe secar completamente (2 a 3 dias ao ar livre, ou cerca de 5 horas em forno baixo – até 150ºC).

Unte uma placa de textura com uma pequena quantidade de azeite de oliva ou outro óleo alimentício. Jamais utilize óleo mineral!
A textura neste projeto é opcional.

Posicione duas guias de espessura de 1mm sobre a placa de textura e abra a massa Art Clay com um rolinho. Abra em um único movimento contínuo, de cima a baixo, para que a textura saia perfeita. Caso não deseje utilizar texturas, basta abrir a massa com a guias sobre uma placa anti-aderente untada com (pouco!) azeite.

Com uma lâmina reta, corte uma tira da massa Art Clay com cerca de 0,5 mm (a espessura da forma de cortiça).

Enrole a massa em volta da forma de cortiça e faça um corte na sobreposição das pontas. Retire o excesso de massa e junte as duas pontas utilizando uma pequena quantidade de pasta Art Clay.

Utilizando um palito de dentes, faça dois furos na massa, um de cada lado da conta. Você pode fazer os furos centralizados ou levemente deslocados para cima, mas lembre que eles devem estar um na direção do outro.

Deixe a peça secar por alguns minutos e reaplique a pasta Art Clay sobre a junção para reforçá-la. Deixe secar completamente por um dia ao ar livre, ou por cerca de 20 minutos com o auxílio de um secador de cabelos.

Depois de secar completamente, queime a peça sobre um tijolo refratário utilizando um maçarico. Aqueça a peça lentamente até que a cortiça pegue fogo, continue aquecendo até que ela pare de produzir fumaça, e mantenha a prata aquecida (vermelha) por dois a três minutos. Resfrie e lave a peça de prata.

Escove a peça por inteiro com uma escova de aço. Se desejar uma aparência fosca/escovada, pode parar o acabamento por aqui. Se desejar um acabemento mais polido, ele pode ser obtido com um brunidor, colocando a peça no tamboreador ou utilizando uma seqüência de lixas da 320 à 1200 (se a sua peça não tiver textura!).

Com uma lima agulha triangular, aumente os furos nos lados da conta até que um palito de dente atravesse os dois furos com folga. Se os furos não estiverem nivelados ou não estiverem um na direção do outro, utilize a mesma lima para ajustá-los.

O objetivo é que um palito de dentes possa atravessar a conta de um lado a outro com folga.

Utilize a moldura de prata para marcar a cerâmica plástica na posição que deseja recortar. Recorte a cerâmica plástica com um estilete de ponta fina, e recorte outra forma igual para ser colocada no outro lado da moldura.

Se a espessura das duas formas de cerâmica plástica não chegarem à espessura da moldura, intercale com uma camada fina de cerâmica plástica qualquer (este é um bom uso para os restos da massa). A espessura do “sanduíche” de cerâmica plástica deve ficar exatamente igual à espessura da moldura de prata.

Insira a cerâmica plástica na moldura. Com o auxílio de um palito de dentes, faça um furo por dentro da massa de um furo da prata até o outro. Vá girando o palito devagar até chegar ao outro lado, sem forçar, sempre ajustando a massa na moldura. Retire o palito cuidadosamente antes de queimar.
Faça a queima da cerâmica plástica em forno caseiro a 150ºC por 30 minutos. Depois de queimada você pode lixar a cerâmica plástica com lixas 280 até a 1200, polir com um pedaço de jeans ou com um disco de flanela limpo na politriz. Também pode ser aplicado um verniz próprio (poliuretano) sobre a cerâmica plástica. Se a massa se soltar da moldura depois da queima, aplique uma pequena quantidade de adesivo epóxi duas partes na moldura e reinsira a massa.

*Priscilla Vassão - diretora da Art Clay Brasil e instrutora sênior certificada pela Art Clay Japan. Ministra workshops e cursos introdutórios e de certificação em Art Clay. É arquiteta formada pela FAU-USP e autora de jóias.
Contato:
www.artclay.com.br - artclay@artclay.com.br

>>>>>> INDEX